Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
3

Matosinhos vai pagar a entrega de refeições em casa nos próximos fins de semana devido à Covid-19

Entrega ao domicílio de refeições não terá custos para os clientes, nem para os restaurantes. Autarquia alocou 20 mil euros à iniciativa.
Lusa 10 de Novembro de 2020 às 19:11
Comida de take-away
Comida de take-away FOTO: Getty Images
A Câmara Municipal de Matosinhos vai financiar, nos próximos dois fins de semana, a entrega em casa de refeições de restaurantes do concelho, num serviço prestado por 75 táxis, adiantou hoje à Lusa a presidente da autarquia.

A entrega ao domicílio de refeições não terá custos para os clientes, nem para os restaurantes, tendo esta autarquia do distrito do Porto alocado 20 mil euros à iniciativa para assumir integralmente o custo do serviço, revelou Luísa Salgueiro.

Com o confinamento determinado pelo Governo para 121 concelhos a partir das 13:00 de sábado e domingo, em Matosinhos o transporte da refeição será assegurada por taxistas, fruto de um acordo com a cooperativa de táxis, sublinhou.

"Os clientes ligam para o restaurante que querem, fazem a encomenda e, esse pedido, é colocado numa plataforma (Matosinhos.Come) e, posteriormente, um táxi faz o seu levantamento e entrega-o em casa do cliente", explicou a autarca.

Além da entrega neste concelho, este serviço será prestado num raio de cinco quilómetros da fronteira com outros municípios, abrangendo um total de 54 uniões de freguesias, vincou.

Apesar de alocar 20 mil euros para este serviço, a socialista esclareceu que a autarquia só pagará as deslocações que, efetivamente, se realizarem e forem registadas na plataforma.

A iniciativa surge na sequência das restrições de circulação que vão ser aplicadas nos dois próximos fins de semana nos concelhos mais atingidos pela covid-19, onde Matosinhos está incluído.

Antevendo as dificuldades que os restaurantes vão ter, a presidente da câmara ressalvou que o objetivo desta iniciativa é mantê-los a trabalhar e minimizar as suas perdas.

"Queremos atenuar os impactos que serão muito grandes para este setor que é extremamente importante para Matosinhos", sublinhou.

Matosinhos tem cerca de 1.200 restaurantes que dão emprego a mais de 5.000 pessoas, sendo um "cartão de visita" e um setor com uma importância social e económica de "enorme relevância" para o concelho.

A pandemia de covid-19 provocou pelo menos 1.263.890 mortos em mais de 50,9 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 3.021 pessoas dos 187.237 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

Matosinhos Covid-19 política autoridades locais pandemia coronavírus
Ver comentários
}