Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
8

Governo de Espanha abre investigação a gestão de barragens no Douro e Tejo

Objetivo é apurar os respetivos aproveitamentos hidroelétricos.
Lusa 19 de Agosto de 2021 às 22:05
Barragem de Bemposta, no Douro Internacional, é um dos seis aproveitamentos hidroelétricos vendidos pela EDP a um consórcio liderado pela francesa Engie
Barragem de Bemposta, no Douro Internacional, é um dos seis aproveitamentos hidroelétricos vendidos pela EDP a um consórcio liderado pela francesa Engie
O Ministério para a Transição Ecológica e o Desafio Demográfico abriu investigações às empresas que gerem barragens nas bacias hidrográficas do Douro, Tejo e Miño-Sil, para apurar os respetivos aproveitamentos hidroelétricos.

O secretário de Estado do Ambiente, Hugo Morán, que anunciou as investigações depois de uma reunião com presidentes de câmara afetados pelo esvaziamento da barragem de Ricobayo (Zamora), disse que nestas três demarcações hidrográficas ocorreram níveis de exploração "acima do que seria recomendável".

No caso de Ricobayo, gerido pela Iberdrola, que passou de 95% para 11% em quatro meses, com esvaziamentos especialmente notórios em junho e julho, a coincidir com os preços máximos da eletricidade, Morán indicou que não está em causa apurar só se ultrapassaram os limites da concessão.

Espanha Douro Tejo Ministério Ricobayo Hugo Morán Transição Ecológica Desafio Demográfico ambiente
Ver comentários