Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade

Doente crónica vive em casa sem condições junto ao Sado

Maria de Lurdes Moura tem vida marcada “por violência doméstica” e “tentativas de violação por parte de familiares”.
Joaquim Bernardo 16 de Agosto de 2021 às 09:02
Maria de Lurdes Moura, 58 anos
Maria de Lurdes Moura, 58 anos FOTO: Luís Guerreiro
Maria de Lurdes Moura, de 58 anos, vive sozinha numa barraca junto ao rio Sado, em Alcácer do Sal, sem divisões, água, luz e casa de banho. No inverno, chove no interior. “Não tenho condições para alugar uma casa. Embora a Câmara de Alcácer do Sal esteja disponível para ajudar com 100 euros mensais, as rendas aqui custam todas entre 400 e 600 euros”, refere ao CM.

“Já me inscrevi num concurso da autarquia para atribuição de uma casa, mas não tenho muita fé porque há muitas pessoas em lista de espera e dão prioridade a famílias com filhos”, afirma Maria Moura, que vive com 209 euros mensais do Rendimento Social de Inserção. Com várias doenças crónicas, tem uma vida marcada “por violência doméstica” e “várias tentativas de violação por parte de familiares”.

A autarquia garante ao CM que “tem ajudado na compra de medicamentos e que existem várias famílias a necessitar de habitação social e que as casas disponíveis são poucas”.
Maria de Lurdes Moura Alcácer do Sal Sado habitação problemas sociais Rendimento Social de Inserção
Ver comentários
}