Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
2
Conteúdo exclusivo para Assinantes Se já é assinante faça LOGIN Assine Já

Militares portugueses na República Centro-Africana "fazem a diferença"

Comandante da força militar das Nações Unidas diz que os 180 militares de elite lusos “são os mais capacitados”.
Sérgio A. Vitorino 4 de Outubro de 2021 às 01:30
Conteúdo exclusivo para Assinantes Assine já Se já é assinante faça LOGIN
Exclusivos
Traoré durante uma visita à força portuguesa na sua base em Bangui, RCA
Traoré durante uma visita à força portuguesa na sua base em Bangui, RCA
Traoré durante uma visita à força portuguesa na sua base em Bangui, RCA
"Quando quero fazer a diferença, são a unidade que uso, porque têm altas capacidades de conduzir operações em áreas remotas e difíceis". O general Sidiki Daniel Traoré, líder da força militar da MINUSCA, missão das Nações Unidas na República Centro-Africana (RCA), comanda mais de 13 mil capacetes-azuis, mas os 180 portugueses da Força de Reação Imediata (QRF) "são os mais capacitados".





Exclusivos

Assinatura Digital

Acesso à edição digital e a todos os conteúdos exclusivos do site no pc, tablet e smarphone
Assine já 1 mês/1€
Para ler este e todos os EXCLUSIVOS DE HOJE no site 1€ (IVA incluído)
UTILIZE O
Ver comentários
Hoje nas bancas
Capa do Dia
A primeira página do Correio da Manhã e o acesso ao e-paper Ver todas as
primeiras páginas