Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

Idosa acusa GNR de violência em Macedo de Cavaleiros

“Agarraram-me no braço e empurraram-me e entraram”, acusa.
F.M. 19 de Agosto de 2021 às 08:50
Maria do Carmos queixa-se da GNR
Maria do Carmos queixa-se da GNR FOTO: Pedro Rebelo
Uma idosa de Sesulfe, Macedo de Cavaleiros, acusa uma patrulha da GNR de agressão e entrar em casa sem mandado judicial.

A GNR procurava uma mulher de 91 anos que vive na mesma casa, por ordem judicial, e que, segundo o filho mais velho, estaria a ser vítima de maus-tratos. “Vieram atrás de mim e mandaram-me abrir a porta senão partiam-na”, diz ao CM Maria do Carmo, de 89 anos.

“Agarraram-me no braço e empurraram-me e entraram”, acusa. Entraram no quarto onde a filha Zélia, de 62 anos, dormia com Beatriz Maria, a mulher que procuravam.

Maria do Carmo recebeu assistência médica e fez queixa da GNR. Esta não comenta a acusação.

Macedo de Cavaleiros GNR Maria do Carmo Sesulfe crime lei e justiça crime
Ver comentários