Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
7

Dois detidos por atearem fogos em florestas da região Centro

Suspeitos não explicam motivos que os levaram a lançar as chamas.
Paula Gonçalves 19 de Agosto de 2021 às 08:48
Bombeiros travam chamas
Bombeiros travam chamas FOTO: Ricardo Ponte
Dois homens, de 61 e 63 anos, foram detidos nos últimos dias por terem ateado incêndios em zonas florestais da região Centro.

O mais velho foi apanhado terça-feira em flagrante pela GNR a lançar as chamas próximo do local onde reside na freguesia de Febres, Cantanhede.

Foi surpreendido pelos militares que faziam uma ação de patrulhamento na zona. Ao detetarem um foco de incêndio, deslocaram-se ao local e encontraram o homem com uma caixa de fósforos e um isqueiro, tendo assumido perante os guardas que usou esses meios para atear o fogo. O arguido não tem antecedentes criminais e não apresentou qualquer motiva para ter atuado daquela forma. Também o homem, de 61 anos, detido pela Polícia Judiciária do Centro em Semide, Miranda do Corvo, não conseguiu explicar o que o levou a atear, no dia 13, um incêndio numa vasta zona florestal com eucaliptos. Solteiro e solitário, o homem, pedreiro de profissão, alegou falta de motivação na vida, dizendo “não ter nada”.

Ateou as chamas com um isqueiro a cerca de 150 metros do núcleo habitacional onde ele próprio residia. A rápida intervenção dos Bombeiros de Miranda do Corvo, que em conjunto com a GNR da Lousã colaboraram também na detenção, impediu que assumisse maiores proporções. 
Ver comentários