Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
6

Não há ainda "avanços significativos" nas negociações, diz Catarina Martins

Coordenadora do BE acusa o executivo socialista de estar sem disponibilidade negocial em várias áreas.
Lusa 2 de Outubro de 2021 às 19:04
Catarina Martins, líder do BE
Catarina Martins, líder do BE FOTO: JOSÉ SENA GOULÃO/LUSA_EPA
A coordenadora do BE, Catarina Martins, disse este sábado que não há ainda "avanços significativos" nas conversações sobre Orçamento do Estado para 2022 com o Governo, havendo várias áreas nas quais acusa o executivo socialista de estar sem disponibilidade negocial.

O próximo Orçamento do Estado e o andamento das negociações com o Governo de António Costa foi um dos temas em discussão na Mesa Nacional do BE, órgão máximo do partido entre convenções, que se reuniu esta tarde em Lisboa.

"Tendo hoje analisado a Mesa Nacional o andamento das conversas que temos tido sobre o Orçamento do Estado, não registamos ainda avanços significativos", revelou aos jornalistas Catarina Martins, na conferência de imprensa que se realizou no final.

De acordo com a líder do BE, "não houve os avanços suficientes" nestas negociações -- cujo calendário se escusa a avançar --, havendo "várias áreas em que o Governo não tem mostrado disponibilidade em negociar", para além de temas "em que mostrou alguma disponibilidade para alterações pontuais", mas cuja concretização o partido ainda desconhece.

"Não temos neste momento indicações mais positivas do que aquelas que tivemos o ano passado", respondeu, perante as perguntas insistentes dos jornalistas sobre a possibilidade de o voto do BE voltar a ser contra no OE2022, dado o rumo negocial.

Ver comentários