Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
6
Conteúdo exclusivo para Assinantes Se já é assinante faça LOGIN Assine Já
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Rui Pereira

Cevar o reco

Cá por Lisboa, nos dias de hoje, muitos cultores da democracia dedicam-se esforçadamente a alimentar outro “reco”: o populismo, cuja matança não se prevê.

Rui Pereira 3 de Julho de 2021 às 00:30
Na linguagem castiça de Trás-os-Montes cevar o reco constituía um projeto estratégico destinado a honrar a natureza omnívora das famílias remediadas e a proporcionar-lhes um fumeiro que deveria durar todo o ano. Cá por Lisboa, nos dias de hoje, muitos cultores da democracia dedicam-se esforçadamente a alimentar outro “reco”: o populismo, cuja matança não se prevê.



Exclusivos

Assinatura Digital

Acesso sem limites em todos os dispositivos Assinatura válida na APP Correio da Manhã Newsletters exclusivas E-paper antecipado no Quiosque Ofertas e descontos do Clube CM+
Assine já! 1€ no 1º mês
Trás-os-Montes Lisboa política economia negócios e finanças autoridades locais
Ver comentários
Hoje nas bancas
Capa do Dia
A primeira página do Correio da Manhã e o acesso ao e-paper Ver todas as
primeiras páginas