Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
7
Conteúdo exclusivo para Assinantes Se já é assinante faça LOGIN Assine Já
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Octávio Ribeiro

O guarda do galinheiro

Como todos sabemos, há muitas formas de mercadejar poder.

Octávio Ribeiro(octavioribeiro@cmjornal.pt) 18 de Julho de 2021 às 00:31
Dar lugar a advogados no órgão disciplinar do Ministério Público é como ter a raposa a guardar o galinheiro. Ou o Sporting a nomear dirigentes do Benfica, Jorge Jesus a escolher o onze do FC Porto, António Costa a escolher o líder do PSD – ops!, esta última metáfora peca por falta de contraste.

Só os advogados e os políticos, que lhes encomendam a cerzidura das leis, podem achar natural que quem cobra honorários por defender cidadãos contra as acusações do Ministério Público depois se possa sentar para participar na decisão das promoções e processos disciplinares dos seus opositores quotidianos.



Exclusivos

Assinatura Digital

Acesso sem limites em todos os dispositivos Assinatura válida na APP Correio da Manhã Newsletters exclusivas E-paper antecipado no Quiosque Ofertas e descontos do Clube CM+
Assine já! 1€ no 1º mês
Ver comentários
Hoje nas bancas
Capa do Dia
A primeira página do Correio da Manhã e o acesso ao e-paper Ver todas as
primeiras páginas