Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
9
Conteúdo exclusivo para Assinantes Se já é assinante faça LOGIN Assine Já
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Luís Campos Ferreira

E agora?

O terror que instalaram no passado recente não se apaga com meras palavras.

Luís Campos Ferreira 19 de Agosto de 2021 às 00:30
As palavras Afeganistão e talibãs voltaram em força, e mais juntas do que nunca, para nos lembrar de que nada é garantido nesta vida.

Não é que os últimos vinte anos tenham sido um mar de rosas para o povo afegão, que obviamente não foram, mas o país teve inegáveis avanços nos direitos fundamentais das mulheres e deixou de ser o albergue do terrorismo internacional, aliviando a consciência e o medo de milhões de cidadãos pelo mundo fora.



Exclusivos

Assinatura Digital

Acesso sem limites em todos os dispositivos Assinatura válida na APP Correio da Manhã Newsletters exclusivas E-paper antecipado no Quiosque Ofertas e descontos do Clube CM+
Assine já! 1€ no 1º mês
Afeganistão EUA NATO distúrbios guerras e conflitos política terrorismo defesa
Ver comentários
Hoje nas bancas
Capa do Dia
A primeira página do Correio da Manhã e o acesso ao e-paper Ver todas as
primeiras páginas