Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
5
Conteúdo exclusivo para Assinantes Se já é assinante faça LOGIN Assine Já
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

F. Falcão-Machado

Acabou?

Quem mais perdeu foram os afegãos que sonharam com melhores dias.

F. Falcão-Machado 3 de Setembro de 2021 às 00:30
Tão trágico como as mortes que a retirada das tropas norte-americanas de Cabul direta ou indiretamente causou foi, com essa apressada partida, ter desaparecido um suporte moral e político no qual, apesar de tudo, alguma população afegã havia confiado.

Vejamos: em 2001, os Estados Unidos ocuparam o Afeganistão e afastaram o governo radical islâmico dos talibãs a pretexto de combater o terrorismo da Al-Qaeda.



Exclusivos

Assinatura Digital

Acesso sem limites em todos os dispositivos Assinatura válida na APP Correio da Manhã Newsletters exclusivas E-paper antecipado no Quiosque Ofertas e descontos do Clube CM+
Assine já! 1€ no 1º mês
Cabul Afeganistão distúrbios guerras e conflitos política
Ver comentários
Hoje nas bancas
Capa do Dia
A primeira página do Correio da Manhã e o acesso ao e-paper Ver todas as
primeiras páginas