Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
4
Conteúdo exclusivo para Assinantes Se já é assinante faça LOGIN Assine Já
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Eduardo Cintra Torres

D de democracia, I de independência

Dissolveu o Parlamento quando o Governo de Santana parecia uma casa de malucos.

Eduardo Cintra Torres 12 de Setembro de 2021 às 00:30
Eu tinha 12 anos quando vi e ouvi Jorge Sampaio pela primeira vez. Foi no defunto Cine-Teatro de Paço de Arcos, numa sessão da CDE, nas ‘eleições’ de 1969, que logo se viu que não foram livres. Segunda-feira, 13 de Outubro de 1969, 21h00. A sala estava à pinha.

Na mesa falava um velhote, devia vir da 1ª República;



Exclusivos

Assinatura Digital

Acesso sem limites em todos os dispositivos Assinatura válida na APP Correio da Manhã Newsletters exclusivas E-paper antecipado no Quiosque Ofertas e descontos do Clube CM+
Assine já! 1€ no 1º mês
Jorge Sampaio CDE Cine-Teatro de Paço de Arcos PS Belém Santana política partidos e movimentos
Ver comentários
Hoje nas bancas
Capa do Dia
A primeira página do Correio da Manhã e o acesso ao e-paper Ver todas as
primeiras páginas