Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
5

Esmagados até à morte, desidratados e aterrorizados: Afegãos lutam pela sobrevivência no aeroporto de Cabul

Embaixada dos Estados Unidos apela a norte-americanos para não se dirigirem ao aeroporto.
Marta Ferreira 21 de Agosto de 2021 às 18:28
Milhares de pessoas bloqueiam acessos ao Aeroporto de Cabul
Milhares de pessoas bloqueiam acessos ao Aeroporto  de Cabul
Afegãos esperam sair do país no aeroporto de Cabul
Milhares de pessoas bloqueiam acessos ao Aeroporto de Cabul
Milhares de pessoas bloqueiam acessos ao Aeroporto de Cabul
Milhares de pessoas bloqueiam acessos ao Aeroporto de Cabul
Milhares de pessoas bloqueiam acessos ao Aeroporto de Cabul
Milhares de pessoas bloqueiam acessos ao Aeroporto de Cabul
Milhares de pessoas bloqueiam acessos ao Aeroporto  de Cabul
Afegãos esperam sair do país no aeroporto de Cabul
Milhares de pessoas bloqueiam acessos ao Aeroporto de Cabul
Milhares de pessoas bloqueiam acessos ao Aeroporto de Cabul
Milhares de pessoas bloqueiam acessos ao Aeroporto de Cabul
Milhares de pessoas bloqueiam acessos ao Aeroporto de Cabul
Milhares de pessoas bloqueiam acessos ao Aeroporto de Cabul
Milhares de pessoas bloqueiam acessos ao Aeroporto  de Cabul
Afegãos esperam sair do país no aeroporto de Cabul
Milhares de pessoas bloqueiam acessos ao Aeroporto de Cabul
Milhares de pessoas bloqueiam acessos ao Aeroporto de Cabul
Milhares de pessoas bloqueiam acessos ao Aeroporto de Cabul
Milhares de pessoas bloqueiam acessos ao Aeroporto de Cabul
Pelo menos três pessoas esmagadas até à morte, dezenas de afegãos desidratados, corpos a serem levados tapados por lençóis brancos e o terror na cara de quem tenta escapar às mãos dos talibãs. 

O aeroporto de Cabul continua a ser invadido por centenas de afegãos e também norte-americanos que lutam para fugir do país pela sobrevivência. As imagens que nos chegam todos os dias são de desespero e terror e a situação está longe de ficar mais calma. 

A embaixada dos Estados Unidos no Afeganistão já alertou os norte-americanos em Cabul a evitar viajar para o aeroporto por "potenciais ameaças de segurança", avança este sábado um correspondente da Sky News

De acordo com o jornal Al Jazeera, possíveis ameaças do estado islâmico contra norte-americanos no Afeganistão poderá estar a forçar as forças militares dos EUA a ponderar novas formas de retirada de pessoas no aeroporto de Cabul.

Milhares de pessoas esperam para chegar ao aeroporto e serem retirados do país. Os soldados britânicos não têm mãos a medir e vêem-se a tentar salvar vidas no meio do caos, como relata a Sky News

"Os soldados começaram a gritar por médicos e macas enquanto pessoas inconscientes eram carregadas para ãs traseiras. Os médicos verificaram os sinais vitais e cobriram os corpos com lençóis brancos", descreve o correspondente da Sky News no local.

"Não importa para onde se olha, é o mesmo desespero: soldados americanos, soldados britânicos, soldados espanhóis, soldados alemães, soldados poloneses, a tirarem crianças, famílias inteiras da multidão" que é retida para verificação de documentos.

À agência Reuters, um representante dos talibãs descarta responsabilidades e diz não ser culpa dos talibãs o caos que se vive no aeroporto da capital afegã. "O ocidente podia ter um plano melhor de evacuação", disse. 
Cabul Afeganistão Sky News distúrbios guerras e conflitos terrorismo guerrilha conflito armado
Ver comentários
}