Barra Cofina

Correio da Manhã

Insólitos
6

Impacto de 70 mil bombas atómicas: NASA alerta para possibilidade de asteroide colidir com a Terra

Segundo os cálculos, colisão terá lugar em 2182.
Correio da Manhã 12 de Agosto de 2021 às 08:49
Asteroide Bennu
Asteroide Bennu FOTO: Reuters

A NASA convocou uma conferência de imprensa para dar conta de um "achado importante": trata-se de um estudo que mostra a possibilidade de, em 2182, um asteroide com 500 metros de diâmetro colidir com a Terra.

Uma sonda norte-americana tem andado a estudar o asteroide Bennu e, segundo os cálculos da agência espacial norte-americana, a rota da rocha espacial passará perto da Terra pela primeira vez em 2135, passando a cerca de metade da distância da Terra à Lua.

É um tremendo desafio calcular a sua trajetória a partir daí mas, diz a NASA, há uma "possibilidade extremamente pequena" de o campo gravitacional terrestre mudar a direção do asteroide, fazendo-o colidir com o nosso planeta em 2182.

O Bennu viaja a 100.000 km/h e a sua colisão com a Terra significaria um impacto comparável à força de 70 mil bombas atómicas e resultaria numa gigantesca cratera com mais de 5 quilómetros de diâmetro.

Estima a NASA, citada pelo El País, que a probabilidade de colisão de Bennu com a Terra, nos próximos 150 anos, seja de 0,037%. A probabilidade sobe para 0,057% quando tido em conta o período de tempo até 2300.

O dia "negro", segundo os norte-americanos, caso tudo corra mal nos cálculos, será 24 de setembro de 2182.

NASA Terra Bennu ciência e tecnologia
Ver comentários