Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
4

Chelsea vence e é líder provisório, Bruno Lage obtém primeiro triunfo em casa

Triunfo deixa o clube na liderança, com 16 pontos, mais dois do que o Liverpool.
Lusa 2 de Outubro de 2021 às 20:56
O Chelsea venceu em casa o Southampton, por 3-1
O Chelsea venceu em casa o Southampton, por 3-1 FOTO: REUTERS/David Klein
O Chelsea venceu hoje em casa o Southampton, por 3-1, e assumiu a liderança provisória da Liga inglesa de futebol, numa tarde em que o Wolverhampton, treinado pelo português Bruno Lage, também triunfou.

Em Stamford Bridge, o jogo tornou-se fácil para os 'blues' apenas após a expulsão de James Ward-Prowse, aos 77 minutos, com uma 'entrada de sola' do capitão do Southampton sobre Jorginho, que lhe valeu o cartão vermelho, quando se registava um empate 1-1.

Os londrinos tinham marcado cedo, por intermédio de Chalobah, com um cabeceamento fulminante ao segundo poste, aos nove minutos, mas, e já depois de Timo Werner ter um golo anulado (51), o Southampton conseguiu reequilibrar o jogo.

A equipa do sul de Inglaterra chegou à igualdade aos 61 minutos, por Ward-Prowse, de grande penalidade, e o Chelsea 'tremeu', num jogo que se adivinhava muito difícil, não fosse a imprudência do capitão dos 'The saints'.

O árbitro Martin Atkinson foi alertado pelo videoárbitro (VAR) e não teve outra hipótese que não fosse exibir o cartão vermelho direto.

A partir daí, os 'blues' voltaram a desequilibrar a 'balança': Timo Werner marcou finalmente, aos 84 minutos, a cruzamento de Azpilicueta, e, muito perto do final, foi Chilwell, depois de uma série de remates ao poste, a apontar o 3-1, aos 89.

O triunfo deixa o Chelsea na liderança, com 16 pontos, mais dois do que o Liverpool (segundo, com 14 pontos), que no domingo recebe o campeão Manchester City (sexto, com 13), já depois de também hoje o Manchester United (terceiro, com 14) voltar a desiludir.

Os 'red devils', com Bruno Fernandes a titular e com Cristiano Ronaldo a entrar apenas aos 57 minutos, consentiram uma igualdade a 1-1 com o Everton (quarto, com 14 pontos) em Old Trafford, num jogo com mais um desempenho 'apático'.

Em outros jogos da sétima jornada na 'Premier League', o Wolverhampton (10.º), de Bruno Lage, venceu e convenceu na receção ao Newcastle (19.º), naquela que foi a primeira vitória esta época diante do seu público.

Lage, que teve os compatriotas José Sá, Nelson Semedo, Ruben Neves, João Moutinho e Trincão a titulares, e Daniel Podence e Fábio Silva no banco, contou com uma tarde inspirada da dupla de avançados, com Raul Jiménez a assistir duas vezes o sul-coreano Hwang (20 e 58 minutos).

O golo do Newcastle, o 1-1, acabou por penalizar os 'wolves', num lance em que José Sá saiu da baliza e ficou maltratado fisicamente, depois de ser tocado, sem que conseguisse recuperar a tempo a posição na baliza e evitar o golo de Hendrick, aos 41 minutos.

Na ronda, também o Leeds (16.º) teve uma tarde muito positiva, com a equipa de Marcelo Bielsa a conseguir a primeira vitória na prova, ao bater o Watford (14.º), por 1-0.

Southampton, Newcastle, além de Burnley e Norwich, que hoje empataram sem golos, são as equipas que ainda não venceram.

Já ao final da tarde, Brighton (quinto colocado) e Arsenal (nono) empataram sem golos, com os 'gunners' a terem os portugueses Cédric Soares e Nuno Tavares no banco de suplentes.

A sétima jornada oferece no domingo o jogo grande entre Liverpool e Manchester City, em Anfield Road, no mesmo dia em que o Tottenham, do treinador português Nuno Espírito Santo, defronta o Aston Villa.

Ver comentários
}