Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
9

Velório do produtor musical Duarte Mendonça realiza-se segunda-feira

Artista morreu esta sexta-feira de madrugada em Cascais.
Lusa 13 de Agosto de 2021 às 17:41
Histórico divulgador do jazz Duarte Mendonça (esquerda) morre aos 90 anos
Histórico divulgador do jazz Duarte Mendonça (esquerda) morre aos 90 anos FOTO: Direitos Reservados
O velório do produtor musical Duarte Mendonça, que morreu esta sexta-feira aos 90 anos, em Cascais, realiza-se segunda-feira a partir das 18h00, no Centro Funerário de Alcabideche, neste concelho.

No dia seguinte tem lugar a cerimónia de cremação, disse à agência Lusa o investigador de História do Jazz João Moreira Santos.

Moreira Santos, autor do livro "Duarte Mendonça: 30 anos de Jazz em Portugal" (2004), referiu-se a Duarte Mendonça como um "produtor histórico", que se interessou pelo jazz aos 15 anos e produziu, com Luís Villas-Boas (1924-1999), festivais como o Cascais Jazz, Jazz Num Dia de Verão, Estoril Jazz, Galp Jazz.

"Foi também uma figura central na formação dos músicos, para o que contribuiu com os célebres Cursos Projazz", acrescentou.

A Duarte Mendonça se devem as estreias em Portugal de músicos como Red Rodney, The Manhattan Transfer, Michel Legrand, George Benson, Marcus Roberts, Barney Kessel, Terence Blanchard, Sheila Jordan, Lionel Hampton, Ahmad Jamal, Joshua Redman, Brad Mehldau, George Shearing, Mulgrew Miller, Jon Hendricks, Dianne Reeves e Diana Krall.

"Por sua iniciativa, atuaram em Portugal cerca de 25 das maiores 'big bands' estrangeiras, incluindo as de Gil Evans, Thad Jones/Mel Lewis, Count Basie, Woody Herman, Bill Holman, Dave Holland e a Lincoln Center Jazz Orchestra, de Wynton Marsalis", referu o investigador.

Duarte Mendonça morreu esta sexta-feira de madrugada em Cascais.

Ver comentários