Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
5

Marcelo solidário com a Casa do Artista

Presidente alertou para a importância da Câmara de Lisboa para a sobrevivência da instituição.
Vanessa Fidalgo 30 de Setembro de 2021 às 08:19
A atriz Eunice Muñoz entre a ministra da Cultura, Graça Fonseca, e o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa
A atriz Eunice Muñoz entre a ministra da Cultura, Graça Fonseca, e o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa FOTO: Lusa
Na apresentação da nova modalidade de apoios à Casa do Artista, o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, destacou esta quarta-feira o papel preponderante que a Câmara de Lisboa deve assumir na sustentabilidade desta instituição e enalteceu a determinação da atriz Eunice Muñoz, também presente na cerimónia.

"De cada vez que há notícia de que a Eunice está farta de nós, e quer fazer umas férias, surge um desmentido. Ela não está farta de nós, e nunca nos fartamos da Eunice, nunca", garantiu Marcelo Rebelo de Sousa. A atriz, de 92 anos, voltou recentemente à cena, depois de uma hospitalização repentina, para contracenar com a neta em ‘A Margem do Tempo’, peça que marcará a sua despedida dos palcos (e que continuará em cena em 2022).

A direção da Apoiarte/Casa do Artista lançou uma campanha para angariação de novos associados, cujo contributo é a única garantia para a sustentabilidade económica do projeto, que acolhe em regime residencial 70 artistas aposentados. O Governo atribui 50 mil euros por ano à associação. Na presença da ministra da Cultura, Graça Fonseca, o chefe de Estado manifestou o seu apoio à causa e deixou uma mensagem ao novo edil da capital, Carlos Moedas: "Espero, e tudo farei, para que o compromisso antes assumido pela autarquia com a Casa do Artista seja cumprido."

Maria do Céu Guerra e Sinde Filipe distinguidos
O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, condecorou, terça-feira, a atriz Maria do Céu Guerra com as insígnias de Comendador da Ordem Militar de Sant’Iago da Espada e o ator Sinde Filipe com as insígnias de Comendador da Ordem Infante D. Henrique. A cerimónia decorreu no palácio da Ajuda, em Lisboa. O chefe de Estado recebeu ainda os artistas distinguidos nos prémios de cinema Sophia de 2021, como a realizadora de ‘Listen’ Ana Rocha de Sousa ou o cineasta João Nuno Pinto (‘Mosquito’).
Ver comentários